"As cicatrizes no meu corpo são um mapa para o meu coração..."

O demônio dentro de mim
Olhos e punhos fechados
Ando calado
Imaginando você andando ao meu lado
Mas quando os olhos abro
Percebo novamente que não esta aqui
Então ele vem e toma conta de mim
Não gosto muito dele
Não somos inimigos 
As vezes somos até amigos
Em horas difíceis ele pode ate me ajudar
Mas muitas vezes já me fez chorar!
Já afastou pessoas de mim
E me garantiu que era melhor assim
Diz que meu destino é a solidão 
E que não adianta eu dizer não 
Já machucou quem eu amo
Os fez chorar e até me odiar
Tudo em meu nome
Sem que eu ao menos pudesse opinar!
Ele cria um vazio dentro de mim
E espera que eu viva assim
Ele me leva a um abismo
Frio e completamente vazio
E em noites frias e solitárias 
Adivinha quem aparece pra me ajudar?
Meu demônio com ideias "boas" que sempre promete nunca me abandonar
Então me sinto perdido e sem pra onde andar
Mas meu anjo é mais forte
E sempre vem me salvar
Olho nos teus olhos e ele promete de mim sempre cuidar
Nela sei que posso confiar
Eu dou a ela minha mão 
E ela me tira de toda esta escuridão

Gabriel Oliveira

Mais uma contribuição do Gabriel para o blog. Dessa vez ele nos mostrou um pouco mais de sua habilidade com as palavras. Continue crescendo, Gabriel! Você pode encontrar ele clicando aqui. Suas contribuições são sempre bem vindas.

Um Comentário

  1. Muito bom, parabéns. Continue evoluindo com suas belas palavras.

    ResponderExcluir

O tempo é maior presente que podemos dar à alguém: obrigada pelo seu. As palavras são afeto derretido, que tal deixar as suas? (Caso tenha um site, para que possamos presenteá-lo com nosso tempo,divulgue-o aqui). Forte Abraço.